terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ditadura da Saúde.

‎"Já previ aqui, e continuo acreditando que vai acontecer, que, no futuro, para proteger nossa saúde, seremos obrigados a seguir restrições alimentares baixadas pelo Ministério da Saúde e, em certos casos, o supermercado só nos poderá vender alimentos de uma lista carimbada por uma nutricionista oficial. Como essas coisas mudam a cada instante, todo mês sairia uma lista revista do que é cientificamente aconselhável comer e, portanto, devia ser obrigatório e, mais dia menos dia, pelo visto, será." - João Ubaldo Pinheiro

Falsidade

Pessoas falsas não falam, insinuam, não conversa, geram intriga, não elogiam, adulam, não desejam, cobiçam, não colaboram, interferem, não pedem, exigem, não participam, se infiltram, não sorriem, mostram os dentes!
Gente falsa é doente e de espirito pobre, merecem piedade e consideração pois não caminham, rastejam pela vida, insidiosamente, sabotando a felicidade alheia e sobrevivendo de seus restos.
As pessoas falsas, desconhecem a beleza e a nobreza da alma porque não amam, investem, e assim á margem de tudo não vivem, apenas existem! 

Socialistas e esquerdistas são assim.





sábado, 26 de novembro de 2011

Indios + Puritanos + Turkey Bird = Thanksgiving Day

Dizem que foi Cristóvão Colombo quem, pela primeira vez na história, fez referência ao peru. Consta que o navegador chegou à América nos idos de 1492, mas pensou ter chegado às Índias e, certo disto, deu o nome de galo da índia a uma ave robusta encontrada em território americano.

A história registra também que a ave tinha excelente padrão gastronômico e por isso foi servida em banquete, em 1549, à rainha Catarina de Médici e, desde então, teve sua fama espalhada pelas cortes européias, passando a ser símbolo de iguaria para grandes ocasiões. Reza, ainda, a história que o sucesso desta ave se deve, em grande parte, aos jesuítas, que começaram a criá-la em larga escala ao redor do mundo.

Depois dos terem levado as aves para a Europa Continental, comerciantes turcos levaram a ave para a Inglaterra, logos os ingleses pensaram que se tratava de uma ave provinda da Turquia, por isso o nome em inglês ficou como turkey bird. 

Quando os puritanos chegaram na America do Norte, se depararam com a enorme quantidade de perus que pensavam antes se tratar de uma ave vinda da Turquia e não da América. Com ajuda dos indios, plantaram milharais e criaram perus em grande escala. 




O Dia de Ação de Graças




O costume do "Dia de Ação de Graças" vem dos Estados Unidos. Em 1620, saindo da Inglaterra, singra os mares o "Mayflower", levando a bordo muitas famílias. São peregrinos puritanos que, fugindo da perseguição religiosa, vão buscar a terra da liberdade. Chegando ao continente americano, fundam treze colônias, semente e raiz dos Estados Unidos da América do Norte.
O primeiro ano foi doloroso e difícil para aquelas famílias. O frio e as feras eram fatores adversos. Não desanimaram. Todos tinham fé em Deus e nas suas promessas. Cortaram árvores, fizeram cabanas de madeira, e semearam o solo, confiantes.

Os índios, conhecedores do lugar, ensinaram a melhorar a produção. E Deus os abençoou. No outono de 1621, tiveram uma colheita tão abençoada quanto abundante. Emocionados e sinceramente agradecidos, reuniram os melhores frutos, e convidaram os índios, para juntos celebrarem uma grande festa de louvor e gratidão a Deus. Nascia o "Thanksgiving Day", celebrado até hoje nos Estados Unidos, na quarta quinta-feira de novembro, data estabelecida pelo Presidente Franklin D. Roosevelt, em 1939, e aprovada pelo Congresso em 1941.

Manda a tradição que o presidente da República seja presenteado com um peru no Dia de Ação de Graças. Quem faz a oferta é a associação americana de criadores e o peru presenteado recebe do presidente um indulto, livrando-se da panela e passando a viver em liberdade em alguma das muitas propriedades oficiais.




sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sociedade descartável

Compromisso, infelizmente,não é uma palavra popular nos dias de hoje: Se não queremos o bebê, abortamos, se não queremos o cônjuge, nos divorciamos, e se não queremos o vovô, praticamos a eutanásia. Uma linda sociável descartável.
James C. Hunter





Relação comunismo e islamismo.

"Se fosse necessário escolher detestaria menos a tirania de um só do que a de muitos. Um déspota tem sempre alguns bons momentos; uma assembléia de déspotas nunca os tem." (Voltaire)

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Thanksgiving Day - Dia de Ações de Graças

A virtude da gratidão está em toda a Bíblia. É próprio das almas nobres agradecer sempre e por todas as coisas. O salmista exclama: "Bom é render graças ao Senhor..." E outra vez: "Entrai por suas portas com ações de graças..." (Sl 92.1 e 100.4). Assim, o render graças a Deus , é tão antigo quanto a humanidade. Vem dos tempos bíblicos e reflete-se ao longo da história.
O costume do "Dia de Ação de Graças" vem dos Estados Unidos. Em 1620, saindo da Inglaterra, singra os mares o "Mayflower", levando a bordo muitas famílias. São peregrinos puritanos que, fugindo da perseguição religiosa, vão buscar a terra da liberdade. Chegando ao continente americano, fundam treze colônias, semente e raiz dos Estados Unidos da América do Norte.
O primeiro ano foi doloroso e difícil para aquelas famílias. O frio e as feras eram fatores adversos. Não desanimaram. Todos tinham fé em Deus e nas suas promessas. Cortaram árvores, fizeram cabanas de madeira, e semearam o solo, confiantes. Os índios, conhecedores do lugar, ensinaram a melhorar a produção. E Deus os abençoou. No outono de 1621, tiveram uma colheita tão abençoada quanto abundante. Emocionados e sinceramente agradecidos, reuniram os melhores frutos, e convidaram os índios, para juntos celebrarem uma grande festa de louvor e gratidão a Deus. Nascia o "Thanksgiving Day", celebrado até hoje nos Estados Unidos, na quarta quinta-feira de novembro, data estabelecida pelo Presidente Franklin D. Roosevelt, em 1939, e aprovada pelo Congresso em 1941.
O embaixador brasileiro Joaquim Nabuco, participando, em Washington, da celebração do Dia Nacional de Ação de Graças, falou em tom profético: "Eu quisera que toda a humanidade se unisse, num mesmo dia, para um universal agradecimento a Deus". Estas palavras moveram consciências no Brasil. No governo do Presidente Eurico Gaspar Dutra, o Congresso Nacional aprovou a Lei 781, que consagrava a última quinta-feira do mês de novembro como o Dia Nacional de Ação de Graças.
Porém, em 1966, o Marechal Humberto Castelo Branco modificou esta Lei, dizendo que não a última, mas a quarta quinta-feira do mês de novembro seria o Dia Nacional de Ação de Graças, para coincidir com esta celebração em outros países.
Sim, aquelas palavras de Joaquim Nabuco, grande estadista brasileiro, encontraram eco em muitos corações. Hoje, são muitas as comunidades que, como num grande coro universal de gratidão a Deus, celebram nacionalmente o Dia de Ação de Graças, na quarta quinta-feira de novembro.


Fonte: SAF Sociedade Auxiliadora Feminina da Igreja Presbiteriana do Brasil http://www.saf.org.br/

                                                                 
Pintura representa o primeiro Dia de Ações de Graças entre os puritanos e os índios. 


sábado, 19 de novembro de 2011

Ações de Graças no Brasil

video
Vídeo é do culto do Dia de Ações de Graças na Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro, nos EUA o Thanksgiving Days, é comemorado com orações de agradecimento e uma mesa farta com peru assado e outros quitutes, no Brasil após o culto de Ações de Graças nas Igrejas Protestantes os crentes se reúnem e fazem a uma ceia com frutas nativas. Como se vê na gravação tanto no Brasil como nos Estados Unidos os crentes nesse dia distribuem aos pobres os alimentos arrecadados.   
No Brasil, o presidente Gaspar Dutra instituiu o Dia Nacional de Ação de Graças, através da lei 78V1SK, de 17 de agosto de 1949, por sugestão do embaixador Joaquim Nabuco, entusiasmado com as comemorações que vira em 1909, na Catedral de São Patrício, quando embaixador em Washington. Em 1966, a lei 5110 estabeleceu que a comemoração de Ação de Graças se daria na quarta quinta-feira de novembro.[2] Esta data é comemorada por muitas famílias de origem americana, igrejas cristãs, universidades confessionais metodistas[3] e cursos de inglês.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

João Calvino

Sebastião Castellio, antigo vizinho e posteriormente inimigo, afirmou que na residencia de Calvino havia um clima de alegria e descontração, entre seus familiares e amigos que o visitavam. Apesar disso, Calvino se entristeceu algumas vezes, chegando a chorar, por exemplo: quando soube das perseguições a que os Valdenses, na Itália, sofriam devido à fé reformada; ou quando teve de deixar Estraburgo, e retornar a Genebra, pela segunda vez, e em definitivo, até sua morte. Também, em Ratisbona, (cidade natal do papa Bento XVI) chorou quando soube da epidemia que dizimou muitas pessoas amigas em Estraburgo, cidade onde conhecera Idelette, sua esposa, com quem ficara casado apenas nove anos. Os historiadores dizem que Calvino teve que se esforçar muito para retornar ao trabalho, depois da morte da esposa. Quanto a passagem bíblica que Calvino preferia, se diz que era a I Epístola aos Corintios. Só nas Institutas, Calvino citou 11 vezes o texto de I Co. 1.30 - "Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção".

Por
Rev. Silvio Lopes Peres
                                                                       João Calvino

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Predestinação e Livre Arbítrio

video
Nesse vídeo o Rev. Augustus Nicodemus, explica porque todos os cristãos são calvinistas e fala da relação entre o livre arbítrio e a doutrina da predestinação.

domingo, 13 de novembro de 2011

O Governo Intrometido e a Manipulação das Mentes.


Os esquerdistas querem um "mundo perfeito" de acordo com suas idéias insanas e pra botar sua demência ideológica em pratica se metem na educação familiar, criminalizando os pais que dão palmadas nos filhos pra educar, assim, eles crescem sem limites. Outra, enquanto eu posso ter minha esposa no lar ensinando valores cristãos pros meus filhos no período oposto ao da escola.
Tipo: estudam de manhã, e são educados em casa a tarde pela mãe, a secretaria da educação cria escola em tempo integral pra que nosso filhos possam continuar ouvindo besteiras na escola o tempo todo, não dando tempo aos pais pra ensinar o que é correto. Enquanto a escola não pode falar de valores cristãos  (pq é um estado laico e não se pode misturar educação com religião), eles enfiam folclore indígena e africano goela abaixo sob o disfarce de "cultura", dai a professora não pode dar nota zero pro desgraçado que não aprendeu porra nenhuma e apenas bagunçou o bimestre inteiro.
O departamento de educação alega que isso "desistimula" o "pimpolho". Que merda!
Daí que não pode nem reprovar. Tem que enfiar ele na aprovação automática, que o fará chegar na quinta série sem saber fazer aritmética.
Agora você imagina se essas pessoas vão saber votar?
A constituição não obriga analfabetos a votar então o governo cria esses inúmeros analfabetos funcionais e enfia um monte de bolsa escola e bolsa família para continuar fabricando novos ignorantes que irão votar no PT. Então eles levantam a bandeira do PC do B dizendo que são contra desigualdade social
é irônico assistir TV. Ver um monte de negro, pobre, mestiço falando de igualdade... os próprios caras já chegam se diferenciando...
Daí, levantam a bandeira de um partido que tem como símbolo um martelo e uma foice... ¬¬' tenha dó, vai...
estuda um pouco de história, minha gente...

Leandro Rui, o Rambo. 


E a Verdade vos libertará...